Não basta SER bom. É preciso PARECER bom!

Ao longo da sua vida você já deve ter se deparado com pessoas que aparentam ser o que não são. Já imaginou que aquele homem de terno e gravata que você pensou ser um executivo de sucesso não é um ladrão? Ou aquela mulher que fala atropelado e é tímida não é uma mulher de negócios bem sucedida? 

Nós vivemos em um mundo onde as aparências contam e, mesmo sem querer, temos em nós pré-conceitos definidos sobre pessoas e lugares, mas não é por maldade. Esses conceitos já estão estabelecidos no nosso subconsciente e fazem parte de nós. Não estamos falando apenas da aparência física, mas no modo como agimos e falamos. 

Muitas vezes temos conhecimentos práticos e teóricos, mas a forma como nos comportamos dizem o contrário para as pessoas ao nosso redor. Em uma entrevista de emprego, por exemplo, você pode ter um currículo perfeito com cursos e grandes experiências, mas fica nervoso e acaba demonstrando para o entrevistador que não é uma pessoa preparada para ocupar o cargo. 

Quantas oportunidades você já perdeu por não saber transparecer todo seu conhecimento e habilidades? Quantos “nãos” você já recebeu porque não conseguiu expressar suas ideias com clareza?

Estamos em uma época em que apenas SER bom não é suficiente. Você precisa PARECER bom! Para fazer isso acontecer tome as atitudes certas, mas sempre demonstre quem você é de verdade, não se esconda atrás de mentiras. 

Seja verdadeiro e procure sempre mostrar todo seu potencial!